Seminário discute saneamento com especialistas

Seminário discute saneamento com especialistas

Publicada em 13/07/2011 - Atualizada em 13/07/2011
Com o objetivo de debater ações concretas e diferenciadas para o saneamento básico e o meio ambiente, Novo Hamburgo sediará um grande evento com expoentes internacionais especialistas na área. Eles participam nos dias 18 e 19 de julho do seminário Sistemas de Tratamento de Esgoto Sanitário e Destinação de Resíduos Sólidos - Alternativas Tecnológicas, evento organizado pela Prefeitura de Novo Hamburgo, por meio da Comusa - Serviços de Água e Esgoto e Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMAM). A atividade será realizada no prédio Azul do Campus 2 da Universidade Feevale (RS-239, 2755).

As discussões vão ao encontro do novo panorama em que a região está se colocando, por meio de investimentos na área. Preocupada com o futuro, Novo Hamburgo iniciou em 2010 a principal obra de saneamento da região, um investimento histórico de R$ 150 milhões. Com isso, a cidade passará a tratar 80% do esgoto em cinco anos. Outras cidades da região também estão se voltando para esta questão, que garantirá o futuro ambiental e social de todo o Vale do Rio dos Sinos.

Entre os participantes confirmados, está a diretora do grupo espanhol Valoralia, Alicia Blazquez. O conglomerado de empresas da Espanha realiza diversos trabalhos relacionados ao meio ambiente, energias renováveis e biotecnologia, entre outras áreas. A representante do grupo apresentará um projeto que utiliza lagoas de juncos para o tratamento de esgoto.

Esses temas se juntam a outros ligados a legislação ambiental e sanitária, políticas públicas, além de alternativas tecnológicas e inovadoras para a área do saneamento. Os assuntos estão inseridos em painéis, palestras e exposições de casos de sucesso registrados em diversas localidades do Brasil e fora do País. Uma ação com uso de tochas de plasma no tratamento de resíduos também será destaque no evento.

Especialistas do Rio Grande do Sul e de outros estados brasileiros também integram os debates. Estão confirmadas as presenças do chefe de Gabinete da Secretaria de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano do Ministério do Meio Ambiente, Sérgio Antônio Gonçalves, do presidente da Companhia Riograndense de Saneamento (CORSAN), Arnaldo Dutra, e o presidente do Centro Operacional de Desenvolvimento e Saneamento de Uberaba/MG (CODAU), José Luiz Alves. Também participarão dos painéis o gerente de Operação de Esgoto da Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento de Campinas/SP (SANASA), Renato Rosseto, engenheiros representantes da Companhia de Saneamento do Paraná (SANEPAR), e o representante da Hannover Projetos, Roberto Morale, entre outros convidados.

No dia 18, o evento ocorre das 14 às 22 horas, e no dia 19, das 8 às 17 horas. As inscrições estão abertas no site www.feevale.br/seminariosaneamento. O encontro ainda tem a parceria do Governo Federal, Universidade Feevale, Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS), Banrisul e Caixa Econômica Federal.

Programação

- 18 de julho

13h – Credenciamento

13h30 – Abertura

Painel I - A Legislação Ambiental e do Setor de Saneamento Básico e sua Interface com as Políticas Públicas

Coordenação de mesa: Universidade Feevale

14h – Marco Legal da Política Nacional do Saneamento Básico, com foco na Lei 11.445/2007

Palestrante: Arnaldo Luiz Dutra, presidente da Companhia Riograndense de Saneamento (CORSAN)

15h – Marco Legal da Política Nacional de Resíduos Sólidos – Lei Federal n°. 12.305/2010 – Palestrante: Sérgio Antônio Gonçalves, chefe de Gabinete da Secretaria de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano do Ministério do Meio Ambiente

16h – Intervalo

16h15 – Legislação Estadual de Licenciamento Ambiental - Possibilidades e Limitações dos Sistemas de Esgotamento Sanitário e de Resíduos Sólidos

Palestrante: representante da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (FEPAM)

17h15 – Debate

18h15 – Intervalo

Painel II - Alternativas de Tecnologias para Gestão e Tratamento na Área de Resíduos

Coordenação de Mesa: UERGS

19h – Experiência de Gestão e Tratamento de Resíduos do Município de Mineiros/GO – Palestrante: Roberto Morale, da Hannover Projetos

20h – Experiência de Tratamento de Esgoto com Lagoas de Juncos

Palestrante: Alicia Blazquez, diretora do Grupo Valoralia (Espanha)

21h - Debates

22h – Encerramento do 1º dia

19 de julho

Painel III – Alternativas Tecnológicas para Universalização do Acesso aos Sistemas de Esgotamento Sanitário - Estudos de Casos

Coordenação de mesa: Comusa - Serviços de Água e Esgoto

8h – Experiência de Implantação de Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) pela Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A (SANASA), em Campinas/SP

Palestrante: Renato Rosseto, gerente de Operação de Esgoto da SANASA

9h - Experiência de Implantação de ETEs pelo Centro Operacional de Desenvolvimento e Saneamento de Uberaba/MG (CODAU)

Palestrante: José Luiz Alves, presidente do CODAU

10h - Intervalo

10h15 - Experiências de Implantação de ETEs pela Companhia de Saneamento do Paraná (SANEPAR)

Palestrante: engenheiros Gil Alceu Mochida e Luiz Cesar Barea

11h15 – Debates

13h – Almoço

14h - Experiência de implantação do Projeto Integrado Socioambiental (PISA) no município de Porto Alegre, pelo Departamento Municipal de Água e Esgoto (DMAE)

Palestrante: Joséni Maria José Facchin, engenheira química do Plano Diretor de Esgoto (PDE) do DMAE

Painel IV – Alternativas de Financiamentos

Coordenação de mesa – Caixa Econômica Federal

15h – Palestrantes: Representante da Caixa Econômica Federal (CEF) e Dr. Cassio Felipe Bueno, representante da Secretaria Nacional de Saneamento do Ministério das Cidades

16h – Debate

17h – Encerramento