Universidade Feevale apresenta proposta de estudo sobre segurança pública

Universidade Feevale apresenta proposta de estudo sobre segurança pública

Publicado em 06/12/2018 - Editado em 06/12/2018
Apresentação ocorreu no Centro Administrativo Leopoldo Petry
Crédito
Lu Freitas

Na manhã de quarta-feira, 05, a Universidade Feevale apresentou o primeiro estudo técnico sobre a Secretaria de Segurança do Município. A instituição de ensino é a parceira da pasta no projeto de Fortalecimento Institucional, que integra o componente Prevenção à Violência do Programa de Desenvolvimento Municipal Integrado (PDMI). Um diagnóstico preliminar já havia sido apresentado na última semana ao titular da Secretaria Municipal de Segurança (SEG), General Roberto Jungthon. Nesta ocasião, além do secretário, estiveram presentes o guarda municipal (GM) Sergio Carvalho e o diretor Ulisses José da Silva; Claudete Souza e o GM Lauro Pereira, do Observatório de Segurança da SEG; e o chefe de gabinete da SEG, Giovani Mazzaferro.

Iniciando a reunião, o cientista social e professor Charles Kieling explanou a proposta em que se articulam a fundamentação teórica e métodos. “Propomos construir um arcabouço para o corpo ter funcionalidade, o corpo no caso é a segurança pública”, destacando a importância de se observar por meio da perspectiva da ciência.

O estudo, que foi construído com a colaboração de representantes da segurança pública do Município, foi bem recebido pelos gestores. O secretário Jungthon avaliou que é importante mesclar diferentes maneiras de observar a realidade para a melhoria desempenho. “Para encaminharmos o projeto a um resultado favorável devemos buscar o contato, alinhar percepções e manter o diálogo. Estamos diante de uma oportunidade ímpar e não há organização exitosa que não tenha percorrido o caminho proposto”, complementou Jungthon. Com abril de 2019 como prazo

final de entrega, a coordenadora do projeto, Andréia Leczynski Kolling, declarou que o objetivo da equipe é fazer a diferença de forma colaborativa. “Nosso estudo parte desta visão holística para todos terem um papel nesta engrenagem”, pontuou Andréia.

O coordenador da Unidade de Gestão de Programas de Prevenção à Violência (UGPPV), Mauro José da Silva, elogiou o projeto e comentou que, em relação à segurança pública, deve-se “compreender e ter ações efetivas para desenvolvermos um processo que entende-se que nós, Prefeitura, tenhamos uma potência de ação muito grande sobre estas questões”, finalizou.

Sobre o projeto de Fortalecimento

A equipe técnica da Universidade Feevale é composta por advogados, assistentes sociais, sociólogos, estatísticos, administradores e estudantes de Administração que vem atuando junto à SEG desde o início do convênio entre as partes. Tendo como referência a fundamentação teórica para possíveis alterações legais, a proposta visa melhorar os processos administrativos e operacionais da SEG e de organismos como a Guarda Municipal e o Gabinete de Gestão Integrada (GGI-M).