Semana Municipal do Brincar vai movimentar Novo Hamburgo

Semana Municipal do Brincar vai movimentar Novo Hamburgo

Publicado em 28/05/2019 - Editado em 28/05/2019
O tema da semana é “O brincar que abraça a diferença”
Crédito
Lu Freitas

Pelos próximos dias, os hamburguenses serão especialmente convidados a interagir e a se movimentar. Teve início na tarde desta quarta-feira, 22 de maio, a 4ª Semana Municipal do Brincar. Prevista em lei no calendário oficial de eventos do município, a atividade acontecerá até 2 de junho em diferentes espaços da cidade. Para marcar o início da programação, servidores, contribuintes e autoridades participaram de cerimônia do saguão do Centro Administrativo Leopoldo Petry. “Quando a gente brinca, demonstramos o afeto que contribui para o desenvolvimento cognitivo e no relacionamento entre as pessoas”, destacou o vice-prefeito Antônio Fagan.

Neste ano, o tema da semana é “O brincar que abraça a diferença” e busca valorizar a diversidade e promover a brincadeira como território de convívio entre as diferenças. A programação completa das atividades que contempla ações nos diferentes bairros da cidade está disponível no site www.novohamburgo.rs.gov.br. “Queremos convidar pessoas de todas as idades, desde as crianças até os idosos para que brinquem e participem das atividades que incluem palestras e outras ações”, convidou a representante da Organização Mundial para a Educação Pré-Escolar de Novo Hamburgo (OMEP), professora Rosane Romanini.

Uma das atrações da abertura da programação foi a exposição fotográfica Criança na Mídia: tempos de discriminação e direitos humanos, produzida pelo grupo de pesquisa Criança na Mídia, da Universidade Feevale. “Não podemos perder a espontaneidade e a curiosidade das crianças. E os professores têm papel fundamental neste processo”, destacou o Pró-reitor de Pesquisa, Pós-graduação e Extensão da Feevale, João Sganderla Figueiredo. Composta por 30 quadros, a exposição apresenta fotos de diferentes crianças da rede pública e privada, cada uma apresentando uma síntese dos 30 artigos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, da Organização das Nações Unidas (ONU) que, em 2018, completou 70 anos. A exposição, que é itinerante, permanecerá na Prefeitura até o dia 31 de maio.