Sala do Empreendedor é case de sucesso em evento da Universidade de Columbia

Sala do Empreendedor é case de sucesso em evento da Universidade de Columbia

Linha de apoio
Prefeita Fátima Daudt e secretária de Desenvolvimento Econômico, Paraskevi Bessa-Rodrigues, participaram do III Seminário de Inovação em Gestão Pública
Publicado em 13/11/2018 - Editado em 14/11/2018
Secretária Paraskevi durante o III Seminário de Inovação em Gestão Pública
Crédito
Divulgação

O modelo adotado na implantação da Sala do Empreendedor em Novo Hamburgo foi case durante evento da Universidade de Columbia. A prefeita Fátima Daudt e a secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Paraskevi Bessa-Rodrigues, participaram do III Seminário de Inovação em Gestão Pública, promovido pela universidade, em São Paulo.

O case, intitulado “O ganho de eficiência da Sala do Empreendedor no Município de Novo Hamburgo”, foi apresentado na última sexta-feira, 9, depois de ser selecionado entre projetos de todo o país. “A Sala do Empreendedor é uma das estratégias que o município adotou para desburocratizar o processo de abertura de empresas, estimular o desenvolvimento econômico do município baseado em parcerias externas como o Sebrae e a Junta Comercial, e internas, multisetoriais, entre várias secretarias”, afirmou a secretária. “A sala ainda proporciona o impulsionamento do empreendedorismo e a geração de empregos no município”, complementou.

A prefeita Fátima Daudt destacou, entre os resultados mais significativos da implantação da Sala do Empreendedor, a diminuição do prazo para emissão de alvarás. “Quando assumimos a gestão, o empresário poderia ter uma espera de até 480 dias para ter o documento. Com o início do funcionamento da Sala em abril e a atualização dos processos nos últimos meses, em agosto de 2018, a média de espera para a emissão do alvará com a documentação completa baixou para sete dias”, explicou Fátima.

A média de sete dias para a liberação do alvará é atingida quando o requerente entrega toda a documentação exigida e não há nenhuma solicitação adicional por parte do Executivo.