NH registra 599 autuações por embriaguez ao volante ou recusa ao teste do etilômetro em 2019

NH registra 599 autuações por embriaguez ao volante ou recusa ao teste do etilômetro em 2019

Publicado em 21/01/2020 - Editado em 23/01/2020
Secretário Municipal de Segurança, general Roberto Jungthon, e equipe apresentaram os números em evento realizado nesta terça-feira, dia 21, no Centro Administrativo Leopoldo Petry
Crédito
Lu Freitas

Em 2019, 599 condutores foram autuados em Novo Hamburgo por dirigirem sob a influência de álcool ou por se recusarem a fazer o teste do etilômetro. A grande maioria das autuações ocorreu durante as 56 edições da Operação Balada Segura, executada no município pela Guarda Municipal, através de convênio firmado com o Detran RS.

Os números refletem um cenário de 24.995 autuações expedidas ao longo do último ano. Destas, destacam-se as multas por excesso de velocidade (10.148), avançar em sinal vermelho (2.978), conduzir o veículo sem usar o cinto de segurança (2.290), dirigir manuseando o telefone celular (1.541) e dirigir segurando o telefone celular (1.187).

As mais de 10 mil autuações por excesso de velocidade foram aferidas por meio do radar móvel, empregado em 750 operações efetuadas pela GMNH. A corporação possui um equipamento, que é utilizado em diferentes pontos do município de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 17h, em condições climáticas consideradas adequadas.

Para o secretário de Segurança, Roberto Jungthon, os números dão a convicção de que é necessário intensificar a fiscalização. “É um total significativo, que comprova a necessidade do trabalho que vem sendo realizado pela GMNH. A fiscalização, combinada com as ações de conscientização que desenvolvemos, salva vidas”, assegura.

Em paralelo à Balada Segura e às demais ações de fiscalização do trânsito, a GMNH vem ampliando as iniciativas voltadas para a conscientização. Em 2019, foram executadas 17 blitze educativas, onde os condutores não foram multados, mas receberam orientações dos agentes. Além disso, mais de 1000 alunos da rede de ensino municipal e cerca de 500 trabalhadores de empresas de Novo Hamburgo participaram de palestras oferecidas pela corporação.