Secretaria de Educação de Novo Hamburgo recebe cerca de 3 mil professores e funcionários em seminário

Secretaria de Educação de Novo Hamburgo recebe cerca de 3 mil professores e funcionários em seminário

Linha de apoio
Seminário de Recepção da Rede Municipal de Ensino capacitou os profissionais
Publicado em 14/02/2020 - Editado em 17/02/2020
O escritor Eduardo Shinyashiki palestrou pela manhã
Crédito
Lu Freitas/PMNH

Os quase 3 mil profissionais que atuam nas escolas municipais e espaços pedagógicos de Novo Hamburgo participaram nesta sexta-feira, 14 de fevereiro, do Seminário de Recepção da Rede Municipal de Ensino. A atividade aconteceu no Teatro Feevale com palestras específicas para cada público e contou com as explanações de Eduardo Shinyashiki e Viviane Mosé. Promovida pela Secretaria de Educação (SMED), a formação tem como objetivo valorizar funcionários e professores que atuam no atendimento aos mais de 24 mil estudantes matriculados. A abertura dos dois turnos do seminário foi realizada pela prefeita Fátima Daudt e pela secretária de Educação, Maristela Guasselli. Durante o encontro, a diretora de Educação, Neide Vargas, e a diretora Administrativa, Alessandra Machado, presentearam a prefeira com os Cadernos 2 e 3 de Orientação das Ações Pedagógicas da Rede Municipal de Ensino. Os textos foram escritos ao longo de 2019 com a contribuição das próprias professoras. Ao final, cada professora pode levar exemplares dos cadernos.

“Para mim é tão importante estar aqui com vocês, que cancelei minha participação no encontro da Famurs em Capão da Canoa. Nós acreditamos no funcionalismo. Os salários estão rigorosamente em dia, mesmo com tantas obras e conquistas na cidade”, ressaltou a prefeita ao público da manhã. De acordo com a titular da Educação hamburguense, o evento de recepção reafirma o carinho, o respeito e o cuidado com professores e funcionários. “Como rede de ensino, precisamos nos fortalecer nas questões que compartilhamos e isso começa pelas relações entre as pessoas. Somos todos responsáveis pela educação dos nosso estudantes”, destacou a secretária de Educação, Maristela Guasselli. As aulas nas escolas municipais começam na segunda-feira, dia 17.

No turno da manhã, estagiários, serviços gerais, merendeiras, diretores, secretários e facilitadores do programa Movimentos e Vivências na Educação Integral (MOVE) acompanharam a palestra com Eduardo Shinyashiki. O especialista em Desenvolvimento das Competências de Liderança Organizacional, Educacional e Pessoal falou aos cerca de 1.100 profissionais sobre a construção dos projetos de vida e a importância de aspectos emocionais nas relações profissionais e pessoais.

Já no turno da tarde os mais de 1.800 lugares do teatro foram lotados por professores, equipes diretivas, bibliotecários e coordenadores do MOVE. “Antes de ser prefeita, também era professora e sei da importância de vocês. Temos muitas conquistas na área, como a solução daquela pendência em relação ao concurso público. Aliás, nosso trabalho está alicerçado em três bases. A primeira é uma boa equipe, com comprometimento. Não registramos nenhum escândalo em nossa administração e todos os secretários estão unidos. A segunda é equilíbrio, serenidade e coração, ou seja nos dedicamos com coração ao desafio de administrar a cidade. A terceira base é o esforço. Em fazer, com importantes realizações que estão marcando nossa cidade”, disse a prefeita Fátima Daudt ao receber os educadores. Com o tema “A escola no contexto educacional do mundo contemporâneo”, a filósofa Viviane Mosé tratou dos desafios da educação na sociedade da informação. “É preciso ouvir as crianças e jovens, entender o que dizem e principalmente o que sentem. A escola precisa criar espaço de diálogo”, destacou uma das mais requisitadas palestrantes do país.

Galeria da notícia

Palavras-chave