Plano de Manejo do Parcão é entregue à Semam

Plano de Manejo do Parcão é entregue à Semam

Linha de apoio
Secretário Udo Sarlet recebeu documento que precisa ser renovado a cada cinco anos
Publicado em 19/12/2019 - Editado em 26/12/2019
O documento será analisado por técnicos da Semam e também passará por audiência pública
Crédito
Lu Freitas/PMNH

A fim de criar um instrumento de equilíbrio na convivência entre a natureza e comunidade, possibilitando a gestão no Parque Henrique Luiz Roessler, o Parcão, foi entregue, nesta quarta-feira, 18, o Plano de Manejo da área. A entrega foi realizada pela empresa Geoprospec, na sede da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semam), no Centro Administrativo Leopoldo Petry, para o secretário Udo Sarlet.

O documento é obrigatório por se tratar de uma Unidade de Conservação (UC), regulamentado pela Lei Federal n° 9.985/2000, que exige que se faça um novo plano de manejo, a cada cinco anos, sendo também uma das exigências de ações no Plano de Desenvolvimento Municipal Integrado (PMDI).

“Espécies como pinheiro, jambolão e eucalipto precisam ser removidas, pois elas se proliferam sem controle e representam uma ameaça para espécies nativas e para o equilíbrio dos ecossistemas. Nos últimos anos tivemos um crescimento muito grande de árvores tanto exóticas quanto nativas”, explica Udo.

A estrutura do plano de manejo é inédita no País, contendo notas técnicas e ferramentas de diagnóstico da Unidade de Conservação.

Técnicos da Secretaria do Meio Ambiente analisarão o documento, que também passará por uma audiência pública, sem data marcada ainda, após, será formalizado, com ajustes de acordo com a Legislação Municipal.