Couromoda 2019: a cada real investido, mais de 30 em retorno

Couromoda 2019: a cada real investido, mais de 30 em retorno

Linha de apoio
Hamburguenses comemoram apoio da Prefeitura em estande coletivo projetando excelentes negócios
Publicado em 05/02/2019 - Editado em 06/02/2019
Prefeita Fátima Daudt conheceu de pertinho os produtos da Brunelly Bolsas
Crédito
Divulgação

Para um fabricante ou fornecedor, em qualquer setor, uma das grandes oportunidades para mostrar o produto e criar ou fortalecer a rede de relacionamentos é participar de feiras. A grande vitrine que se forma nos corredores de pavilhões que abrigam uma mostra se torna fundamental na rotina do empreendedor que, ao voltar para sua cidade de origem, já vislumbra negócios importantes para os meses seguintes. Esta é a realidade de 11 empresas hamburguenses que participaram da Couromoda, em São Paulo, com o apoio da Prefeitura de Novo Hamburgo por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (Sedec) no estande coletivo do Rio Grande do Sul.

Com investimentos menores do que os de anos anteriores, a administração municipal alcançou resultados mais positivos. Foram R$ 101 mil investidos pela Prefeitura, possibilitando a presença das empresas da cidade na mostra, o que significa uma projeção de que, para cada R$ 1 investido, retornam R$ 37,20 em lucro. “A presença destas empresas em uma feira deste porte, traz retorno em emprego e renda para a cidade. É esta vocação que estimulamos cada vez mais”, afirma a prefeita Fátima Daudt.

Feira que abre o calendário do setor coureiro-calçadista no Brasil, a Couromoda, que ocorreu de 14 a 17 de janeiro, atraiu mais de 30 mil compradores do Brasil e do exterior. “Estar neste cenário foi fundamental, pois atuamos basicamente em feiras, sem o trabalho de representantes. Com o apoio da Prefeitura, a linha de ação fica maior, ampliamos nossa rede de relacionamentos e isso vai possibilitar novos negócios”, avalia o diretor da Brunelly Bolsas, Jaime Arnold, ao ressaltar que, enquanto se tem o apoio quanto ao espaço físico, trabalhar as estratégias fica bem mais viável.

Satisfeito com o retorno projetado a partir da presença na Couromoda, o empresário afirma que em relação a edição anterior, seus negócios aumentam de 8 a 10%. Ele também comemora a exposição de seu produto para grandes marcas, com possibilidade de se tornarem clientes. “E com todos esses resultados, já estudamos a ampliação do nosso prédio”, diz Arnold.

Enquanto os corredores da Couromoda mostravam lojistas ávidos pelas novidades e os expositores prospectavam excelentes negócios, o salão Inspira Mais, iniciativa que reuniu empresas que abastecem os fabricantes com componentes, também mostrou ótimos resultados para hamburguenses. Também com apoio da Sedec , seis empresas da cidade participaram do salão. “Posso dizer, com toda a certeza, que a nossa história se divide entre antes e depois do Inspira Mais 2019. Conseguimos chegar a um nível de relacionamento até então nunca alcançado durante estes sete anos de funcionamento”, afirma o diretor da Alynis Componentes em EVA, Alexandre Zambelli. A secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Paraskevi Bessa-Rodrigues, sinaliza exatamente essa relação que se estabelece nas feiras. “Os contatos e a troca de conhecimento vão muito além dos corredores e se firmam nas cidades de origem de cada empresa. Estamos satisfeitos em intermediar esses caminhos, trabalhando no incentivo aos negócios que surgem e fortalecendo os já consolidados”, afirma a secretária.

Ele comemora a projeção de R$ 600 mil em negócios fechados para os próximos seis meses a partir dos contatos firmados em São Paulo. “Perceber que a Prefeitura acredita e incentiva o empreendedor é fundamental, porque, em um primeiro momento, quando se pensa em feira, o custo é o obstáculo, dificilmente enxergamos como investimento diante de um cenário econômico complicado. Mas contar com o suporte do poder público faz toda a diferença”, salienta Zambelli.